José de Arimateia vai a Várzea da Roça para discutir sobre barragem e Rio São Francisco

  • 24 de agosto de 2021

No dia 25 de agosto, o deputado estadual José de Arimateia (Republicanos) estará no município baiano de Várzea da Roça. Como Presidente da Comissão de Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), o parlamentar pretende buscar informações a respeito da Barragem de São José do Jacuípe e sua relação com o projeto de transposição do Rio São Francisco.

De acordo com José de Arimateia, a barragem faz parte da mega obra de transposição do Rio São Francisco que, se já estivesse recebendo suas águas, estaria beneficiando vários municípios baianos integrantes da bacia do Rio Jacuípe. “O esquecimento da barragem de São José do Jacuípe é preocupante e o motivo central da nossa visita. A Comissão de Meio Ambiente pretende lutar para a conclusão do projeto”, esclareceu o republicano.

À montante da barragem, se localizam os municípios de São José do Jacuípe, Várzea da Roça, Várzea do Poço, Mairi e Capim Grosso. À jusante (próximo à foz do rio), ficam Gavião, Nova Fátima, Riachão, Serra Preta, Anguera e até Feira de Santana. Com isso, as águas do equipamento chegam a beneficiar mais de 700 mil pessoas.

“Mesmo sem receber as águas do “Velho Chico”, a Barragem de São José do Jacuípe beneficia muitos agricultores situados à jusante, pois a água de chuva acumulada, embora aquém das necessidades hídricas dessa região, garante algumas safras para esses produtores”, completou José de Arimateia.

Junto à Comissão de Meio Ambiente da ALBA, com a visita desta quarta-feira, o deputado pretende fundamentar os encaminhamentos necessários para ajudar na continuidade do projeto de transposição do São Francisco no que se relaciona com a barragem de São José do Jacuípe. “Politicamente, trata-se de um esforço e união de forças locais, estaduais e federais, que possam levar a diante as obras que faltam para tornar essa barragem um equipamento que incremente o desenvolvimento da região. O DNOCS [Departamento Nacional de Obras contra as Secas], enquanto órgão federal, é fundamental para a conclusão do projeto como um todo”, finalizou o presidente do Colegiado.

Texto e foto: Ascom do deputado estadual José de Arimateia.